Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

sexta-feira, abril 04, 2008

Patamar europeu II – uma realidade


Primeiro foi a renovação do patrocínio da Nike com o FC Porto (ver post “Patamar europeu”, de 06/11/2007) de julho de 2008 a julho de 2012, por um valor anual entre 2,8 e 3,7 milhões de euros, dependendo de desempenho esportivo.

Agora é a vez do holandês Ajax.

Na manhã de hoje a Adidas anunciou a renovação do patrocínio do time de Amsterdam por mais dez anos, a partir de 1º de julho de 2009 até 2019. O clube e a empresa manifestaram bastante entusiasmo com o novo acordo e a expectativa é que o clube receba um mínimo de 70 milhões de euros7 milhões de euros por temporada. Considerando o euro pelo câmbio de ontem, isso representa pouco menos de 19 milhões de reais por ano. nesse período, ou seja, um mínimo de

Ora, o contrato Reebok/São Paulo válido de 2008 a 2010 garante ao Tricolor um mínimo de 15 milhões de reais por ano, pouco mais de 5,5 milhões de euros. Nesse momento, Flamengo e Corinthians brigam acaloradamente com a Nike por um patrocínio maior, com números semelhantes aos do São Paulo. Consta que pelo menos o Flamengo já teria recebido uma proposta da Reebok com um valor cerca de 10% maior que o negociado com o São Paulo. Não duvido nem da informação e muito menos do valor.

Essas cifras colocam os três clubes, um já na realidade e outros dois prestes a entrar, no mesmo nível de ganhos com patrocínio de grandes clubes europeus. Aqui, com certeza, é o caso de deixar fora os top de praxe, como Real Madrid, Manchester, Barcelona, Milan, Bayern, Arsenal, Liverpool e Chelsea, mais Juventus e Internazionale. Esses já estão, principalmente os três primeiros, numa outra faixa, quase em outro universo, tanto em ganhos como em número de torcedores e fãs de maneira geral por todo o planeta.

Tampouco é desprezível o valor pago pelos direitos de TV, que nesse 2008 deverão girar em torno de 120 milhões de euros, indo para perto de 200 milhões em 2009. Mesmo sabendo que apenas as cotas do Real Madrid e do Barcelona – respectivamente 140 e 130 milhões de euros nessa temporada – já sejam maiores, individualmente, que o valor pago aos 20 clubes pelo campeonato inteiro. Se não dá para comparar com os valores pagos na Inglaterra, França, Alemanha, Espanha e Itália, dificilmente ficará atrás do que é pago pelos campeonatos das ligas da Holanda e Portugal, por exemplo, isso para não mencionar Rússia, Ucrânia e Turquia, destinos costumeiros de muitos de nossos bons jogadores.

Para pensar.


.

Marcadores:

10 Comments:

  • At 9:20 AM, Blogger ronaldo derly said…

    já estou pensando,um abraço e bom
    final de semana.

    ronaldo derly

     
  • At 2:54 PM, Blogger Ivan said…

    blogueiro vc não acha que os dirigentes que aceitam esse tipo de contrato levam uma grana por fora????

     
  • At 3:42 PM, Blogger Emerson said…

    Ivan, empresas como Nike, Adidas, Reebok têm controles extremamente rígidos contábeis e fiscais.
    Tem controladorias.
    São submetidas a auditorias.
    São alvo permanente de fiscalizações.

    Além disso tudo, são extremamente sérias e responsáveis.

    Outro ponto: grandes clubes têm Conselhos Fiscais, Deliberativos e outros mecanismos de fiscalização, tal como, simplesmente, a existência de uma oposição a quem está no poder.

    Finalmente, por que motivo uma empresa daria uma propina ilegal a um dirigente para assinar um contrato por valores de mercado? Não há lógica nisso.

    Claro que o mundo não é perfeito, mas não acredito em nada do gênero nesse setor que você citou.

     
  • At 3:50 PM, Blogger Juan Carlos said…

    El mundo del fútbol no es muy transparente en cuestión monetaria, amigo Emerson.
    No se acostumbran a explicar bien las cantidades que reciben equipos como Real Madrid, Barcelona o Manchester Utd. por vestir Nike, Adidas u otra empresa.

    Por cierto: Ronaldinho Gaúcho se ha lesionado para 6 semanas y se está especulando que no volverá a vestir la camiseta de Barcelona. ¿Qué se dice en Brasil?
    Saludos.

     
  • At 4:15 PM, Blogger Emerson said…

    Como está, Juan Carlos?

    Infelizmente, os boatos que circulam no Brasil dizem que os assessores de Dinho estão conversando com o time de Roman Abramovich, o que eu considero profundamente lamentável.

    Quanto às negociações dos grandes clubes com seus patrocinadores, uso como fontes o SportBusiness e os balanços ou relatórios fiscais e contábeis dos clubes. Mas eles nunca divulgam os percentuais de retorno sobre vendas de produtos, tratam essa informação como "segredo de estado".

    :o)

     
  • At 4:38 PM, Anonymous Anônimo said…

    Emerson, não sei se você sabe mas o site da Foxsports dá algumas estatisticas dos jogos da libertadors. O link é: http://msn.foxsports.com/foxsoccer/libertadores

    Além disso outra informação legal que peguei do site (http://flusocio.com.br/blog/)
    sobre para que praça a rede globo transmitiu os jogos de São paulo e Flu na ultima quarta. É interessante para ver a penetração de cada time em cada estado, vale a pena dar uma olhada, só não posto aqui porque eles não permitem copiar.

    Um abraço,

    João Luiz

     
  • At 5:52 PM, Blogger Juan Carlos said…

    @emerson
    Estoy bien, muchas gracias.

    Aquí se habla más de la reunión de Roberto de Assis con los dirigentes del Milan, mientras el Chelsea queda en un segundo plano.
    Es una pena para los 'torcedores' del Barcelona, para Ronnie (Milán o Londres no son ciudades cálidas y acogedoras para él) y para el club, pero creo que la época de Ronaldinho en el Barça se está acabando.

     
  • At 6:52 PM, Blogger Emerson said…

    Juan, Ud. ha hablado en Dinho en el Milan, todavía creo que a Berlusconi no le sería conveniente en este momento politico.

    Lo nivel salarial medio en Italia es muy bajo, creo que uno de los más bajos en la CEE y a mí pareceria una tontería la fichage de un jugador con el salario de Ronaldinho. Algo como un contrasenso politico, pues a Berlusconi lo más importante ahora es volver a ser el primer ministro de Italia y para esto hay que ganar una elección extremamente dificil.

    Creo que Abramovich sea lo milionario con más posibilidades de tener a Dinho en su equipo.
    Por otro lado, a mí me gusta mucho más Milan que Londres.


    Aos leitores brasileiros: respondi ao Juan em seu blog, o excelente De Penalty, e copiei aqui para dar uma sequência lógica à nossa conversa. Peço licença para manter em castelhano, primeiro porque são línguas-irmãs e a compreensão é muito fácil, e segundo para que nos habituemos a pelo menos ler um pouco em castelhano.

    Claro, devo ter cometido alguns erros. Por favor, relevem. Qualquer coisa mais grave o hermano Jacaré com certeza dará um alô.

    :o)

     
  • At 7:00 PM, Blogger Emerson said…

    João Luiz, grato pelos links, ambos excelentes e guardados para consultas periódicas a partir de agora.

    O mapa de distribuição da transmissão do jogo de anteontem não me surpreendeu de maneira geral, exceto por Santa CAtarina e Rondônia.

    Esse foi um levantamento muito interessante e que a própria rede deveria colocar em seu site.

     
  • At 5:40 AM, Blogger Juan Carlos said…

    Emerson:
    Creo que Berlusconi está "enamorado" de Ronaldinho desde hace años. Si quiere contratarlo (incluso si su salario es muy alto) lo hará.
    Todo dependerá del precio que tenga que pagar al Barcelona por el jugador.

    De todos modos, tanto si va a Londres como a Milán, Ronnie tendrá nostalgia del clima y de la praia de Barcelona.

    Si se cumple lo que cuentan los medios de comunicación, la próxima temporada sólo habrá un brasileiro en el Barça: Sylvinho. Parece ser que Ronnie, Deco y Edmilson abandonarán el club. Claro que también dicen que puede venir Daniel Alves...
    Buen fin de semana, amigo.

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home