Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

domingo, novembro 23, 2008

Atitude incomum


Embora não conheça o vice-presidente de marketing do Vasco da Gama,
José Henrique Coelho, tinha dele uma boa imagem, formada a partir das opiniões de pessoas do mundo da bola, como seu colega corintiano Luiz Paulo Rosemberg.
Essa impressão positiva acaba de ser bastante reforçada.

Com o título “No rumo certo”, o Lédio Carmona publicou o post anterior deste Olhar Crônico Esportivo no blog Jogo Aberto. Vários torcedores vascaínos comentaram o post e disseram que o acordo com a Champs incluía, também, mais um valor em fornecimento de materiais esportivos, geralmente citado como sendo de 6 milhões de reais, pelos mesmos 42 meses. Em resposta a esses torcedores, disse-lhes que precisava considerar somente os dados divulgados sobre o acordo, e que o valor adicional mencionado por eles poderia ser ou poderia não ser verdadeiro.

Leitor do Jogo Aberto, o José Henrique escreveu a respeito nos Comentários do post, e transcrevo-o aqui, na íntegra:

José Henrique Coelho | Dom, 23/11/08 | 00:49

Caros Amigos Vascaínos,

Apesar de visitante do blog desta vez escrevo visando esclarecer algumas dúvidas que surgiram quanto a divulgação do contrato.

O contrato é de 42 meses. O motivo deveu-se ao somatório do período do mandato de 36 meses da nova diretoria e o período que qualquer nova diretoria precisa para reavaliar o orçamento para o ano seguinte e programar a nova negociação.

O valor do contrato financeiro é de
R$ 21,275 milhões pelo período (corrigidos monetariamente), ao qual se somam mais R$ 4,5 milhões ( a preços de fábrica) em material esportivo para equipar as diversas modalidades do clube.

Ainda temos uma série de bônus financeiros nos casos de conquista de títulos nas competições que disputarmos, com valores diferentes para cada uma delas.

Estaremos lançando já em janeiro, na Copa São Paulo de Juniores os novos uniformes, um na cor branca e outro na cor preta, mas ambos diferentes no seu design, respeitando as normas do estatuto do clube.

Ainda estaremos lançando uma camisa oficial, no mesmo design usado pelo time, com preço popular, estimado em até R$ 40,00 para atender aos torcedores de menor renda, e assim entrar de frente no combate a pirataria dos produtos licenciados. Somos afinal, 11 milhões de torcedores e poderemos ser 11 milhões de fiscais em defesa do Vasco.

Nada mais justo. Se diante desta iniciativa, nós, os torcedores não ajudarmos o clube, quem ajudará? Fora pirataria.

Lançaremos o terceiro uniforme para uso no Brasileirão 2009. No período que antecede a competição deveremos disponibilizar no site oficial , provavelmente em março, alguns modelos que deverão ser votados pelos torcedores que assim estarão escolhendo pela primeira vez a camisa do time.

Quanto aos valores do contrato assinado pela diretoria anterior com a Reebok, o valor dele era de R$ 4,4 milhões pelos mesmos 42 meses, mais o matrial esportivo.

Conseguimos aumentar em 384 % o valor do contrato.

Quanto a multa, o valor especificado no contrato Reebok, ele é de R$ 750 mil e será pago pelo Vasco quando da assinatura do distrato que estamos apresentando a empresa.

Estou sempre a disposição para esclarecimentos aos vascaínos através do endereço marketing@crvascodagama.com.

Espero ter esclarecidos as principais duvidas.
Daqui a pouco espero pelos vascaínos lá em nossa casa, no Estádio Vasco da Gama.
Até lá.”

Diante disso, e apenas para facilitar a visualização da ordem de grandeza do contrato, vamos aos números:

- Valor total do contrato:
R$ 25.775.000,00

- Valor mensal médio:
R$ 614.000,00

Interessante a informação sobre os materiais que serão fornecidos ao clube, contabilizados por seus preços de fábrica, além da correção monetária sobre o valor do contrato, dado a sua duração por um período mais extenso. Muito útil, também, a confirmação já fornecida por um torcedor, de que a duração de 42 meses – realmente incomum – está associada à duração do mandato da atual diretoria.

Sem dúvida, um contrato excelente, considerando também a situação econômica e financeira prevista para 2009 e 2010, pelo menos.

Como blogueiro, fico extremamente satisfeito por uma atitude como esta, não só de transparência, mas também de respeito aos torcedores e aos leitores em geral.


.

Marcadores: ,

5 Comments:

  • At 7:01 PM, Anonymous tina said…

    emerson,
    um link das antigas pra aliviar a tensão pós jogo e pré Tri-Hexa!!!(meu Deus...)

    http://www.radiocamanducaia.com.br/br/home/home.html

     
  • At 5:53 PM, Anonymous Anônimo said…

    Putz, Emerson, fiquei bem surpreendido com os esclarecimentos do Diretor Vascaíno. É algo diferente e que tem que ser comemorado. De fato, o Vasco vive dias diferentes (fora de campo). Seria uma pena este time ser rebaixado, pois, acredito que esta direção deveria ter a opotunidade de iniciar o ano na Série A.
    -
    Trocando de assunto, o pessoal do Mato Grosso reclamou no JA que o jogo Inter vs Estudientes não será transmitido para o Centro-Oeste e no horário do futebol de quarta a Globo colocará um filme. Tu achas que há alguma explicação comercial para isso? Uma final de Sula, mesmo sem os times brasileiros de maior apelo popular, não deveria ser transmitida para todo o país?
    -
    Por fim, parabéns pelo teu time. É impressionante a objetividade do SP do segundo turno.
    -
    Abs. Gabriel - PoA

     
  • At 8:00 PM, Blogger Emerson said…

    Gabriel, vi o site da Globo nacional e a programação é "Match Day".
    Mas não o do Inter, o outro, "aquele".

    A Globo dividiu-se: o Sportv fará uma super-cobertura da final, tanto em BA como em POA.
    Pelo tamanho da equipe e pelos nomes que o Lédio citou no JA, é bem provável que montem os programas diários no todo ou em parte das duas cidades.
    Cobertura total, portanto.

    Já a Globo sinal aberto não irá mesmo transmitir esse jogo.
    O motivo é simples: fora do Sul a audiência seria muito baixa e a Record ou SBT dominariam o horário. A guerra pelos pontinhos do IBOPE está acirrada.

    Lembre-se que os tricolores cariocas reclamaram muito pela não transmissão do jogo final em Quito, contra a LDU, pela Libertadores.

    Com o avanço da tv paga por todo o país, dificilmente algum torcedor colorado ficará impossibilitado de ver o jogo.
    Esse é o lado positivo.

     
  • At 9:06 PM, Anonymous Anônimo said…

    Bah, Emerson, nem final da LA os caras transmitiram? A Record e as demais devem estar apavorando mesmo o pessoal do Plim-Plim, pois o Fluminense é um time muito mais nacional que o Inter.
    -
    Por fim, uma curiosidade: Quando as empresas compram o pacote de esportes da Globo, não há obrigação da emissora de transmitir determinados jogos ou um número dejogos que garantam ao mínimo uma quantidade xis de exposição dos patrocinadores?
    -
    Gabriel.

     
  • At 12:03 AM, Blogger Emerson said…

    Que maravilha, Tina, muito obrigado.
    Eu não conhecia esse site.

    Puxa...

    Que saudades do Estevam Sangirardi.
    Lord Didu, Archibald, Nicholas...

    hehehehehehe...


    .


    Gabriel, a Globo vende um pacotão e tem obrigações, sem dúvida, mas nada específico em termos de um jogo ou outro.

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home