Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

sexta-feira, maio 30, 2008

Futebol americano... em Londres

A NFL – National Football League – já vendeu 40.000 ingressos para o jogo San Diego Chargers x New Orleans Saints, a ser realizado dia 26 de outubro em Londres, no nosso já conhecido Wembley. Detalhe: esse número de ingressos foi vendido em apenas 90 minutos.

A Ticketmaster, empresa que comercializa ingressos, recebeu inscrições prévias de quem tinha interesse em assistir ao jogo. Os 40.000 ingressos liberados foram sorteados eletronicamente entre esses inscritos. O sucesso foi tão grande e imediato que a NFL liberou outros 5.000 ingressos para a Ticketmaster.

Simples e inteligente, não?

Voltando ao jogo em si, parece inacreditável, mas, acredite, é isso mesmo: um dos templos do “soccer” mundial hospedará um jogo válido pela temporada 2008 da Liga americana. Alguns poderão tomar isso como uma inversão de valores, como um atentado ao futebol-futebol (ou seja, o nosso de todo dia), mas não se trata disso, é apenas um degrau a mais da globalização e da expansão de alguns esportes como grandes espetáculos de entretenimento. A respeito disso, o vice-presidente do Barcelona, Ferran Soriano (ver matérias nesse Olhar Crônico Esportivo), disse que, para ele, o Barça hoje tem mais a ver com uma corporação como a Disney do que com um simples clube que tem um time para disputar algumas competições.

Este já será o segundo jogo a ser realizado em Wembley. O primeiro, Miami Dolphins x New York Giants, foi realizado no ano passado e foi, também, um sucesso. Esses ingressos, contudo, não representam a totalidade da lotação, pois o estádio tem capacidade para 81.000 torcedores.

A NFL vai realizar pelo menos mais um jogo em cada uma das próximas três temporadas, e há planos para fazer o mesmo na Alemanha e na França.

Outro país na alça de mira americana é a China, com boas possibilidades do desenlace acontecer em breve. Já em 2007 a NFL programou uma pré-temporada de suas equipes no país, que, entretanto, foi cancelada. Mas o desejo de jogar lá permanece vivo e cada vez mais forte.

Aqui, por que não?

Não digo trazer jogos da NFL para cá, mas por que não exportarmos alguns jogos do Campeonato Brasileiro?

Não... Não daria certo. Temos nome, mas não temos jogadores que chamem a atenção dos torcedores estrangeiros. Ou melhor, nossos jogadores chamam a atenção somente dos empresários estrangeiros.

No âmbito doméstico, porém, acredito que a própria CBF poderia incentivar e promover alguns clássicos nacionais em cidades fora da Série A, por exemplo.

No âmbito estadual, times como São Paulo, Corinthians e Palmeiras poderiam realizar alguns de seus jogos em cidades como Ribeirão Preto, Presidente Prudente e São José do Rio Preto. Não como resultado de punição, mas como planejamento de seus departamentos de marketing. Hoje, tanto o São Paulo, principalmente, como o Corinthians, têm esquemas montados para a venda de produtos licenciados em jogos fora da Capital. Acredito que esses jogos seriam sucesso de público e de receita.

Vale lembrar que a Premier League anda pensando em fazer não um jogo, mas toda uma rodada de seu torneio, nos Estados Unidos.

Esse é um caso em que podemos dizer que, o que é bom para os americanos e europeus, é igualmente bom para nós, brasileiros.


.

Marcadores: ,

2 Comments:

  • At 3:21 PM, Anonymous Anônimo said…

    o ideal seria fazer uma tour pelo nordeste e norte do paisna pre temporADA



    ass:garfield

     
  • At 12:39 PM, Blogger Júlio Cesar said…

    Ok. Concordo com estratégias para atrair mais público o divulgar o esporte/ clube em outras praças. Mas acho difícil de pegar aqui, alguns meses atrás, quando noticiaram que um argentino pretendia levar a final da Libertadores para Miami. Boa parte dos comentaristas e de leitores de blogs, que lançaram enquetes, rechaçaram a idéia.

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home