Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

quinta-feira, dezembro 13, 2007

Decembrinas...


Me perdoa Gabiru

Esse blog volta ao Gabiru, personagem do dia 2 de maio aqui mesmo, nesse Olhar Crônico Esportivo.

Naquele texto, falava da paixão arrependida da torcida colorada pelo jogador tão execrado, mas herói definitivo e perpétuo da maior conquista do time gaúcho, o título de Campeão Mundial de 2006. Foi dele o gol que colocou o Internacional na história do futebol pela porta maior dos vencedores. Dia 2 de maio foi o dia em que Gabiru foi afastado do Internacional. Não servia para os novos tempos e planos.

Agora, para minha tristeza, eu que não sou colorado e nada tenho a ver com o Gabiru, leio que ele não foi convidado para a festa de lançamento do filme “Gigante”, que conta e glorifica a história do título. Tampouco recebeu um dvd como presente.

Muito triste. Não bastasse a demissão, o esquecimento.

Que a direção do Internacional pegue o canto da torcida e, contrita e em fila, cante para ele no Salgado Filho:

“Uh uh uh,

Nos perdoe,Gabiru!”

Será justo, será muito justo, será justíssimo.



Salários: saber ou não?

Deve o torcedor saber quanto ganha um jogador ou o técnico de seu time?

Por exemplo, deve o corintiano saber se Mano Meneses ganha duzentos mil ou trezentos e sessenta mil, a lenda que se consolida nos corações e mentes?

Muita gente diz que não, o torcedor não deve saber, isso é assunto entre o empregador e o empregado. Acrescento eu a Receita Federal, onipresente e toda poderosa.

Mas...

O empregador é o clube, é certo, mas não é o torcedor o financiador e verdadeiro patrão de todos no clube? Ora, não é o torcedor que com seu pacote de pay-per-view, com sua audiência fiel aos jogos noturnos ou vespertinos, com suas compras de camisas, chaveiros e badulaques outros licenciados pelo clube e com sua contribuição na bilheteria que sustenta o clube e paga os salários de todos que lá trabalham?

Sim, é o torcedor o autor, o agente ativo, o responsável por tudo isso. Logo, por que não deve ele saber quanto está pagando a cada um de seus funcionários?

Ah, mas tem a segurança, nos dias que correm é perigoso divulgar o quanto ganha uma pessoa, só serve para atrair a atenção dos bandidos.

Hummmmmmmmmm...

Há controvérsias, há controvérsias. Bandido sabe muito bem quem tem e quem não tem grana, mesmo porque suas fontes não são colunistas desinformados e sim parentes e amigos muito bem informados. Esse é o melhor caminho e o mais utilizado, não matérias de jornais, revistas, sites e emissoras de rádio e televisão, nas quais os números são meras fantasias, quer para cima, quer para baixo.

Isto posto, por que, então, não saber quanto ganham atletas e treinadores?



Fonte Nova

Sete mortos e ninguém punido.

Infelizmente, não acredito que esse quadro vá mudar.

Sua primeira parte, infelizmente, jamais mudará. Não tem volta.

Quanto à segunda parte...

Apesar do discurso do governador de demolir a irrecuperável Fonte Nova, o Bahia já está pensando em voltar a jogar lá, usando apenas o anel inferior.

Tem lógica. Como deve estar no mesmo estado de podridão do anel superior, fica o consolo do tombo ser menor ou nem haver tombo.

Eu não duvido de mais nada.




Post Scriptum para Gabiru

O Presidente do Internacional, Vitorio Piffero, garantiu na noite de quinta-feira que Adriano Gabiru estará presente à festa pela conquista do título mundial. Disse que deve ter havido uma troca de telefones e ele não foi avisado logo de início.

Ok. Meno male.
Gabiru merece.
Herói é herói, mesmo que por um só minuto, afinal, para fazer história não se precisa de mais do que cinco ou dez segundos.

.

Marcadores: , ,

4 Comments:

  • At 10:21 PM, Anonymous Anônimo said…

    Emerson, li um comentario seu no JA sobre aliciamento. Cheguei de viagem por agora e estou desenformado sobre o mundo do futebol. Gostaria de saber quem foi esse idiota que disse que o são paulo está aliciando o jogador Adriano?
    ABS...

     
  • At 4:37 PM, Anonymous Anônimo said…

    Caro Emerson,
    A Fonte Nova vai ser demolida e em seu lugar será erguido um estádio capaz de atender às rigorosas exigências do caderno de encargos da FIFA para Copa-14. O Bahia vai mandar seus jogos do campeonato baiano em Camaçari. Na Copa do Brasil, o Bahia pode jogar em Feira de Santana ou Aracaju.
    .
    A CBF devia publicar o salário e prêmios dos jogadores e treinadores no BIRD. :o)
    .
    Abraço.
    Helio Arcanjo

     
  • At 5:11 PM, Anonymous Anônimo said…

    Emerson.
    Bela matéria essa sobre o Gabiru.
    .
    Vamos convidar a Gigi, Gabriel PoA,Bernardo RS, para saber o que eles pensam a respeito.
    .
    Abraços verde esperança.
    Odair Porcolino.

     
  • At 2:07 PM, Anonymous Anônimo said…

    Oi Emerson.

    Quando li a notícia sobre o Gabiru, não acreditei.
    Impossível um Clube com a grandeza do Internacional cometer um ato falhos destes.
    Estava certa. Gabirú estará lá e com certeza será muito bem recebido pelo torcedor colorado.
    :o)
    ............

    Acho que o torcedor tem sim direito a saber todas as despesas de seu clube. Entra elas incluo salário de jogadores, técnicos e tudo mais.
    E convenhamos, desculpinha esfarrapada esta, né?
    Os caras desfilam em carros caríssimos, moram bem, fazem questão de ostentar sua condição financeira e a divulgação do salário é que coloca eles em risco??
    Me poupe.
    Abraços
    GIGI

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home