Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

sexta-feira, setembro 28, 2007

Copa Santander Libertadores


Agora é oficial.

Ontem, em Assunção, na sede da CONMEBOL – Confederação Sul Americana de Futebol –, com toda a pompa e circunstância merecida, foi assinado o convênio que une o grupo financeiro espanhol Santander à Confederação e à Copa Libertadores de América, que a partir da edição de 2008 e até 2012, passará a chamar-se

COPA SANTANDER LIBERTADORES

Esse contrato representa uma mudança importante e confirma a importância cada vez maior da Copa no cenário do futebol mundial.

Para o Santander, ela será o principal canal de comunicação com o público latino-americano, como está colocado no post “Uma nova Libertadores de América”, de 11 de setembro:

“A partir de 2008, a Copa Santander Libertadores de América será a maior e mais importante ação de comunicação institucional e de marketing do maior banco latino-americano.”

O valor do patrocínio é de 7 milhões de euros por ano, equivalente a 10 milhões de dólares, ou pouco mais de 18 milhões de reais.

Além desse patrocínio, Um Olhar Crônico Esportivo já adianta que a CONMEBOL terá outros dois: VISA e MOVISTAR. A primeira todo mundo conhece, já a segunda é o braço para telefonia móvel da Telefónica, com operações na maioria dos países latino-americanos.

Fechando o grosso das receitas da Copa Santander Libertadores, a Confederação terá os contratos com as emissoras de televisão. Isso significa uma competição a cada ano mais atraente para os clubes, reforçando a disputa pelas vagas brasileiras, que serão cinco em 2008 – uma pela Copa do Brasil e quatro pelo Campeonato Brasileiro. A sexta vaga de 2006 e 2007 foi fruto da conquista dos títulos de 2005 e 2006 por São Paulo e Internacional. Como ficaram automaticamente classificados para a edição seguinte, o Brasil “ganhou” uma sexta vaga, cujo indicado teve que disputar a pré-classificação.

A Copa Santander Libertadores será disputada por 38 times de onze diferentes países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, desde os pré-classificatórios em fevereiro até a final, em julho (provavelmente).

No post já citado “Uma Nova Libertadores de América”, especulei a respeito de sua ampliação com a participação dos times da Major League Soccer – MLS, que reúne treze equipes americanas e uma canadense. O que se pode chamar de teste para essa chegada, está em curso no momento: a participação do DC United, o time da capital federal, Washington, na Copa Nissan Sudamericana. Desnecessário dizer que torço pelo United desde criancinha. Pena que tenha empatado em casa o jogo contra o Pachuca, campeão da última edição da Sudamericana. A tendência é que os mexicanos vençam o jogo da volta com certa facilidade, mas, como no futebol tudo é possível...

A consolidação do campeonato por pontos corridos não está criando uma suposta elite de clubes brasileiros, mas está privilegiando as equipes que têm um mínimo de planejamento, boa administração e estrutura. Uma rápida olhada nos maiores pontuadores no período 2003/2007, mostra que São Paulo, Santos, Cruzeiro, Internacional e Grêmio, tem esses requisitos em comum, uns mais, outros menos, e, como é comum no esporte, aparecendo melhor num ano e não tão bem em outro. Mas são, todos eles, equipes e clubes consistentes e que enxergam na Libertadores muito mais que uma competição esportiva ou uma boa fonte de renda para cobrir déficits.

Em algum momento futuro precisaremos modificar o calendário. Alongar um pouco mais a duração das duas Copas continentais e torná-las simultâneas. Com essas medidas, teremos um futebol mais atraente e emocionante, levando ainda mais torcedores aos estádios.

Bem-vinda, Copa Santander Libertadores.

Bienvenida, Copa Santander Libertadores.

Welcome Santander Libertadores Cup.


.

Marcadores: ,

4 Comments:

  • At 12:38 PM, Blogger jose said…

    vOCE COMO Experte em makerting acha que o banco e melhor que a montadora?

     
  • At 1:42 PM, Blogger Emerson said…

    José, respondendo muito rapidamente:
    muito melhor.

    O maior interesse do Santander é a fixação de sua marca e o mercado de varejo bancário, onde o número potencial de clientes conta-se por dezenas de milhões. Clientes que estão em San Jose, na Costa Rica, em Medellin, na Colômbia, em Newark, em New Jersey, ou na Barra, Leblon, Caxias, Brás, Pinheiros...

     
  • At 10:56 PM, Blogger Chico da Kombi, said…

    Emerson, obrigado por linkar o voudekombi no seu blog.
    Parabéns pelo penta são-paulino!
    Abraço.
    Chico da Kombi

     
  • At 2:30 AM, Anonymous Soccer Freestyle said…

    Get all the footballing action at Soccer Highlights & Football Torrent & Soccer Freestyle

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home