Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

sexta-feira, abril 13, 2007

Direitos de TV no Rio - o que está por trás?

A seguir transcrevo duas matérias do site Comunique-se, voltado para jornalistas.




Rede Record oficializa proposta por campeonato estadual do Rio de Janeiro

Tiago Cordeiro

Na quarta-feira (4/04), a TV Record enviou uma proposta oficial para a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro pelo campeonato estadual. O objetivo seria obter os direitos exclusivos de transmissão durante 2009, 2010 e 2011 por R$ 45 milhões por ano. A emissora enviou comunicado oficializando a oferta publicamente.

“O objeto da presente proposta é a cessão de todos os direitos de captação e transmissão exclusiva por televisão, incluindo todas as propriedades disponíveis, TV aberta, fechada (cabo, MMDS, DTH, PPV e demais sistemas), internet, publicidade estática, telefonia e demais mídias para todo o território nacional e para o exterior de todos os jogos do Campeonato Carioca nas temporadas 2009, 2010 e 2011”, diz o anúncio.

De acordo com o jornal Lance, a proposta da Rede Globo seria de R$ 30 milhões. Marcelo Campos Pinto, diretor da Globo Esportes, foi procurado pela reportagem, mas não atendeu os telefonemas. A assessoria da TV Globo informou que a emissora não comenta contratos ou valores. A assessoria da Ferj também não foi encontrada para comentar o assunto. Este ano, a TV Record perdeu a disputa com a Globo pelo campeonato paulista e pela Copa do Mundo, mas obteve o direito de transmitir as Olimpíadas de Londres, em 2012.

Clubes
Os representantes do Flamengo e do Fluminense não foram encontrados nesta quinta-feira. A assessoria do Vasco informou que o presidente do clube, Eurico Miranda, já foi procurado pela Record, mas que o resultado desses entendimentos ainda não poderia ser divulgado.

“É sempre bom para o produto futebol ter concorrência e o valor é atraente. Mas os clubes têm uma longa história com a Rede Globo e creio que precisamos analisar melhor os detalhes da proposta”, declarou Bebeto de Freitas, presidente do Botafogo, ao Lance.

Record News
A TV Record recebeu a autorização do governo para mudar o nome da Rede Mulher para Record Notícias, que será o novo canal da empresa, nos mesmos moldes de Band News e Globo News. De acordo com a assessoria da emissora, os estúdios da antiga rede ainda não começaram a ser modificados para sua nova função.

O canal opera em TV aberta e também é recebido por operadoras de cabo, o que permite que a Record não seja afetada pelo domínio da Globo no setor da TV por assinatura como ocorreu com o canal da Bandeirantes.





Record oferece mais, mas Globo leva transmissão de jogos do Rio

Tiago Cordeiro

Mesmo após oficializar publicamente uma proposta de R$ 45 milhões, a TV Record não conseguiu tirar os direitos de transmissão do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro da Rede Globo. De acordo com a assessoria da TV Globo, a emissora poderá transmitir o campeonato carioca até 2011.

Segundo o colunista da Veja Lauro Jardim, a TV Globo deve pagar R$ 35 milhões por temporada, mais do que a sua proposta original de R$ 30 milhões. Nas últimas negociações sobre direitos de transmissão de campeonatos esportivos, a TV Record tenta sempre aumentar os valores envolvidos.

Embora a Record tenha oferecido um valor maior do que a Globo, a assessoria de imprensa da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro explicou que a emissora carioca teve prioridade porque adiantou a verba do contrato de 2008 para alguns clubes. "Foi um processo aberto, sem segredos", afirmou a assessoria.

A Record informou que só vai se manifestar quando a FERJ oficializar a decisão.

Embate
A TV Record obteve em março os direitos de transmissão das Olimpíadas de Londres, em 2012. No mesmo mês, a Folha de S. Paulo chegou a informar que a emissora processaria a FIFA por ceder os direitos de transmissão para a Globo mesmo com a rede de Edir Macedo oferecendo uma quantia maior. A Record não confirmou a informação.

Normalmente, tanto clubes quanto federações julgam não apenas a quantia de dinheiro, mas também a audiência das emissoras envolvidas no processo.



.

Marcadores:

4 Comments:

  • At 12:26 AM, Blogger Arthur Virgílio said…

    Como tem dinheiro esses bispos da igreja evangélica. De onde vem tanto money?

     
  • At 11:34 AM, Anonymous Victor said…

    Descobri muito recentemente o blog do Vicente Seda (http://www.lancenet.com.br/blogs_colunistas/vseda/default.asp), do Lance!, que me parece bom justamente pq, vez por outra, ele escreve sobre assuntos econômicos do esporte, e não apenas sobre o desempenho dos jogadores. É especializado apenas em futebol carioca, então não lhe deve interessar muito. De lá, tiro a seguinte informação:
    "A Ferj confirmou que os quatro grandes do Rio já acordaram e já receberam adiantamento de cotas de cerca de R$ 4 milhões cada, referentes à renovação do contrato de direitos de transmissão com a Globo. O valor anual, de 2008 a 2011, será de R$ 28 milhões.

    Detalhe: como a retenção da Ferj sobre as cotas de televisão aumentou, segundo o Montenegro "na calada da noite", para 10%, a entidade leva R$ 400 mil de cada clube só nesse adiantamento. Do total, serão R$ 2,8 milhões. Não é demais isso não? É uma cota de transmissão, um pagamento por utilização de direito de imagem dos clubes.

    Por que os clubes que já devem os tubos têm de abrir mão deste dinheiro? O que ganham em troca? O correto seria este dinheiro nem passar pela entidade. Tinha de ir direto para os clubes. Poderia ter uma taxa, mas este valor na minha opinião é muito alto e sem propósito. É pedágio?"

     
  • At 11:47 AM, Anonymous Victor said…

    Não acredito que o valor anula seja tão baixo, de apenas R$ 28 milhões. É mais provável que esteja próximo dos 35 milhões, vez que a Globo deve ter se sentido obrigada a subir a proposta em razão dos valores oferecidos pela Record.
    .
    De qualquer jeito, impressiona-me que os clubes simplesmente dispensem R$ 10 milhões a mais por ano com tanta facilidade. Se o Botafogo recebesse 2 milhões a mais, pagaria com este valor os salários anuais do Dodô e do Diguinho.
    .
    O mais curioso é que durante esta discussão Globo x Record, começaram a surgir discussões extremamente rasteiras sempre sobre supostas barreiras à entrada no merdado. Existem, sim, barreiras à entrada no mercado de transmissão de futebol, mas elas dizem respeito á tecnologia ou ao custo do capital e do pessoal necessário para as transmissões. No entanto, muitos começarama discutir sobre falaciosas barreiras a entrada, que só servem para beneficiar os atuais detentores do monopólio, como "a tradição da Globo no futebol", "a abrangência nacional da globo", "os canais a cabo da Globo", "a audiência da Globo" ou até mesmo "a Record é dos evangélicos".
    .
    Impressioante como não enxergam o óbvio: o fundamental é o dinheiro que pagarão. Conseguem transmitir o produto dentro de uma boa qualidade? Se sim, o que importa é tão somente quanto pagarão.
    .
    Qual a importância da tradição da Globo? Tradição de uma empresa que não tem vergonha de colocar no ar, em plena semi-final, um narrador parcial, que torce pelo gol mil e contra um dos times em campo? Tradição de uma empresa que coloca um comentarista de arbitragem que diz que Calábria teve ótima atuação, tendo cometido "apenas" 2 erros capitais (e na verdade foram muito mais q 2...)?
    .
    Se a Record quiser comprar os direitos do Carioca e repassá-los à ESPN Brasil, ao Sportv ou à BandSports, o que a Ferj tem a ver com isso? O que importa é quanto recebeu pelo monopólio do produto. Como a Record o utilizará, é problema da Record. Se ela não quiser transmistir em canais pagos, mas apenas no seu canal aberto, pior pra ela. E quaisquer outras restrições que sejam relevantes aos grandes clubes podem ser pactuadas em contrato.
    .
    Enfim, muita discussão vazia com o propósito de beneficiar apenas o atual monopolista, mais um a ganhar dinheiro em cima dos falidos clubes.
    .
    Enquanto isso, a Ferj vai bem financeiramente, obrigado.

     
  • At 8:26 PM, Anonymous GAramba said…

    Estamos diante de uma profunda discussão capitalista. É só dinheiro, mesmo?

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home