Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

terça-feira, março 11, 2008

And the Oscar goes to...


Segunda-feira, 17 de março, 14:00 horas – na sala de reuniões do Clube dos 13 em São Paulo terá início a abertura dos envelopes com as propostas para a compra dos direitos de transmissão de televisão em sinal aberto, fechado e pay-per-view do Campeonato Brasileiro 2009.
A
oferta será válida apenas para o ano de 2009,contrariando a prática atual de assinar contratos válidos por três temporadas.

Outras mudanças importantes é que não mais haverá uma proposta única para os três segmentos - nesse ano, o Clube dos Treze modificou o processo e as propostas serão apresentadas, de forma independente, para os sinais aberto e fechado e para o PPV - e os direitos de transmissão serão comercializados apenas para o Brasil, pois a própria entidade está negociando a transmissão para outros países.

Os envelopes contendo as propostas deverão ser entregues até as 18:00 horas da próxima sexta-feira, dia 14.

Todas as redes e emissoras receberam convite do Clube dos 13 para a disputa, mas salvo algum terremoto de origem desconhecida, haverá competição de fato apenas pelos direitos para o sinal aberto, onde a Record continua interessada em penetrar.

Como acompanharam os leitores desse blog, muito se falou em valores, alguns até apoteóticos, que teriam sido propostos pela Rede Record. Meros balões de ensaio, porém, nada concreto, nada formalizado. Comenta-se que a rede ligada à IURD teria dito que pagaria um bilhão de reais por todos os direitos. Bom, para dizer o mínimo, esse é um número tão irreal que sequer vale a pena ser comentado. Pensando nos valores atuais do contrato, e acompanhando um pouco o mundo publicitário, vou atrever-me a uma previsão.

A tabela abaixo mostra a distribuição de valores pagos ao futebol pela televisão em 2007 e também para 2008, podendo haver mudança, a ser comentada, apenas no tocante ao item PPV.



Milhões Reais

% s/ total






Sinal aberto

180


58






Sinal fechado

40


13






PPV


90


29

Do total de 310 milhões que foram pagos em 2008, mais da metade – 58% – veio da TV por sinal aberto. A metade desse percentual – 29% – veio do PPV, a venda dos jogos para assinantes. Para as emissoras de sinal fechado, na verdade apenas o Sportv, ficou o pagamento da menor parcela, 13%.

Diante do grande crescimento da venda de assinaturas de TV, já em 13 de dezembro esse Olhar Crônico Esportivo estimava um bom crescimento na base do PPV, o que poderia elevar o valor repassado aos clubes ainda em 2008 para algo como 120 milhões de reais, um mais que robusto crescimento superior a 30%. Nesse caso, teríamos para 2008 o seguinte quadro:



Milhões Reais

% s/ total






Sinal aberto

180


53






Sinal fechado

40


12






PPV


120


35

Provavelmente, é a partir dessa base que teremos os números para 2009.

A partir de agora entramos no terreno movediço e traiçoeiro das previsões feitas mais pelo feeling que a partir de dados concretos. Pode chamar de chute, também.

A se confirmarem os números de crescimento previstos para a TV por Assinatura e as previsões feitas para o aumento na venda das assinaturas do futebol, teremos em 2009 valor próximo a 160 milhões de reais a ser pago pelo PPV, talvez até mais. Sabe-se que a possibilidade de ver o futebol sem restrições é hoje o maior impulsionador para o crescimento desse segmento.

No caso do sinal fechado, o Sportv também alavancará sua parte, baseado em maiores preços para o patrocínio das transmissões graças, também, ao crescimento da base de assinantes. Poderemos esperar, portanto, uma proposta entre 50 e 60 milhões de reais. O valor apresentado vai depender, fundamentalmente, da projeção dos preços de tabela para 2009, e isso é coisa que só deve ser conhecida pela cúpula da emissora.

Finalmente, a arena da grande briga, a disputa pelos direitos da TV aberta. Aqui, além de números de audiência e preços do segundo comercial, temos a importância do futebol para as grades de transmissão das emissoras. Esse produto é um grande fidelizador de audiência, cria um público cativo, tal como as novelas. Um público com grande poder de compra, grande potencial de consumo, grande poder de decisão, um público, em suma, extremamente atraente para as emissoras e que dificilmente é atingido na mesma intensidade por outros programas. Tê-lo nas mãos é fundamental para quem quer crescer ou para quem precisa manter-se no topo.

Se a Record não soltou mais o balão de ensaio bombástico de um bilhão de reais, em nenhum momento deixou de dizer com todas as letras que tem interesse na compra dos direitos de transmissão por sinal aberto. Considerando os valores que foram oferecidos na briga pelos principais campeonatos estaduais, principalmente o Paulista, quando sua oferta foi, praticamente, o dobro do que oferecia a Globo, arrisco uma previsão de pelo menos 300 milhões da Record apenas pelos direitos para a TV aberta. Um valor 66% maior do que o que é pago atualmente pela Globo. Não ficarei espantado, porém, se a oferta for de 320 ou mesmo 340 milhões, valores um tanto quanto temerários quando comparados ao que projetei inicialmente.

Dessa forma, caso essas previsões do Olhar Crônico Esportivo se confirmem, teríamos o seguinte quadro:



Milhões Reais

% s/ total






Sinal aberto

300


59






Sinal fechado

50


10






PPV


160


31

O total chegaria a pouco mais de meio bilhão de reais, valor bastante plausível na visão desse blog, e já apontado no post de 13 de dezembro de 2007.

Pode ser maior?

Sim, pode, mas dificilmente chegará a um número tão espantoso como 600 milhões de reais, não já. Tudo irá depender do apetite da Record e do crescimento da base de assinantes da TV paga.

Nem é preciso dizer que tudo isso depende da manutenção de um quadro econômico estável e sem nenhuma alteração de grande porte.

A Record vai levar?

Duvido. A Globo, por força de contrato, tem direito a igualar a maior oferta e levar tudo. Nas últimas semanas, os executivos da Rede vêm dizendo que a audiência não é mais o que era, que os custos estão altos, etc. Nada disso, naturalmente, foi dito por acaso. Há raciocínio e planejamento por trás dessas declarações. Nem que seja para reduzir um pouco o ímpeto da Record na formulação de sua proposta.

Os próximos dias prometem ser muito interessantes.

E mantenho minha aposta, a aposta desse blog: 2009 será um ano de grande impacto para o futebol brasileiro, graças à injeção de dinheiro de gente grande.

E tudo começará nessa segunda-feira, com a abertura dos envelopes.

Bem que podiam convidar o Billy Cristal (é antigo, mas é meu ídolo) e a Woopy Goldberg para abrir os envelopes em transmissão ao vivo e a cores.

And the Oscar goes to...

.

Marcadores: , ,

6 Comments:

  • At 8:13 PM, Anonymous jacare_argentino said…

    Eu ja acho difícil de imaginar um retorno muito grande pros 300 Milhões que a Globo paga ja que transmite no máximo 2 jogos por semana, imagine 1 bilhão? Sem a menor chance pra Record que pode ai no mínimo almejar o lugar que hoje é da Band sobre os direitos os jogos dos paulistas...
    .
    Sobre o post anterior, acho que é apenas uma má fase tricolor, nada pra se tirar a hegemonia do time até pela solidez que eles demonstram...
    .
    Agora hermano Emerson, ja que tenho alergia a E-Mail vou te perguntar aqui mesmo...
    Será que eu deveria parar de usar esse apelido que eu uso pra que isso não me estigmatize depois em minha futura carreira, que eu espero que seja no esporte?
    Abraços

     
  • At 8:51 PM, Blogger Emerson said…

    Hahahaha...

    Primeiro: em tua futura carreira, teu nome será o menor dos problemas comparado à alergia a e-mail.
    :o)
    Trate de perder ou curar essa alergia.
    hehehe

    Segundo: esse nome, ou nick, é somente isso por enquanto, um nick. Nada o liga a você, pessoalmente (a menos que na escola e no dia-a-dia real você seja, também, o J.A.).

    Terceiro: nada impede que, futuramente, você possa usá-lo como verdadeira marca registrada. Afinal, quantos são os reais conhecedores do futebol argentino aqui nessa Terra de Vera Cruz?

    Quarto: por que você não vai se exercitando e faz um blog sobre o futebol argentino? Sem preocupação com número de leitores ou coisa que o valha, mas preocupado em transmitir a nosotros o que acontece e para onde vai o futebol da terra que consagrou Sastre.

    Abração.

    :o)

     
  • At 11:06 AM, Blogger ronaldo derly said…

    caro emerson aqui em brasilia a record fez um investimento de 16
    milhões de reais para reformar sua se
    de e equipamentos,na reinauguração o
    governador josé roberto arruda compa
    receu junto com a burguesia local,os
    caras parecem que não estão poupando
    dinheiro para nada,mas realmente é
    esperar para crer,um abraço.

     
  • At 2:15 AM, Anonymous Anônimo said…

    Salve Emerson, tudo bem?
    Andei sumido nos últimos dias por conta do excesso de trabalho.
    Mas fiz questão de comentar em mais um excelente post. Também estou de olho na definição dos direitos do Brasileiro (até por motivos profissionais) e acho que suas projeções fazem bastante sentido. Embora acredite que a Record já conseguiu o que queria ao separar a venda de cada mídia, deixando uma pulga atrás da orelha da Globo, que sempre fechou tudo empacotado e sem grandes dificuldades.
    Enquanto aguardamos o fim do prazo para os interessados entregarem as propostas, voltemos ao tema TIMEMANIA. Consegui, em primeira mão e com exclusividade, os números atualizados da arrecadação da Timemania que continua abaixo da expectativa e fiz um post sobre isso nesta quarta lá no Futebol & Negócio. Como sei que você tem "dado aula" sobre o assunto, faço questão de ter um (ou mais) comentário (s) seu (s) lá.
    E obviamente fique à vontade para escrever sobre isso também aqui. Suas análises são sempre bem-vindas! ;-)
    Abs, Marcos

     
  • At 6:37 PM, Blogger Rod Molina said…

    Grande Emerson,

    Li que o Ministério da Justiça está investigando o que viria a ser um monopólio da Rede Globo na transmissão do Campeonato Brasileiro. Na verdade, a investigação recai sobre o Clube dos 13 e um suposto favorecimento para a Rede Globo de televisão. Os dirigentes do Clube dos 13, provavelmente serão chamados a prestar esclarecimentos. O Fernando Carvalho, que salvo meu engano é um dos vice-presidentes, se mostrou muito tranquilo, e disse que prestará quaisquer informações necessárias, pois a entidade nada teria a esconder. Como você já salientou - não lembro se aqui ou no JA-, o Clube dos 13 costuma ser transparente nestas questões. Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos...

    Quer saber minha opinião? Esse papo de investigação, me soa mais como uma retaliação à Rede Globo, em virtude das denúncias incontestáveis que a emissora faz sobre a corrupção neste Governo imundo.
    Uma retaliação que é bem a cara da KGB petista, sempre patrulhando.
    Uma retaliação que ainda vem turbinada pela nefasta influência da Igreja Universal/Rede Record neste mesmo Governo.
    Enfim, uma retaliação que é a cara deste Lulo-Dirceuzismo Bolchevique que tomou o poder.

    Meu caro, está difícil de participar do Jogo aberto...Um ser inferior, que não deve trabalhar e nem conhecer uma mulher, um desocupado, fica 24 horas por dia usando nicks falsos e ofendendo a todos, principalmente aos Flamenguistas. Ontem sobrou até pra você...Procuro ignorar as ofensas, mas a minha preocupação maior é com a covardia do clone. Já fui clonado por este mesmo cara, e me preocupo que o safado faça ofensas em meu nome contra pessoas que apesar de não conhecer pessoalmente, respeito, admiro e até gosto, como você, o Cal, o Pedro Costa, o Breno, o André Luiz, o ronaldo derly rodrigues, o hélio arcanjo, o Olavo, o Charuto, o Rodrigo Herd, o Marcos R., Lito, Augusto Barros e outros...
    Lamento muito ter de me privar algumas vezes do debate com amigos tão interessantes. Tenho certeza que teria muito a aprender com todos, mesmo discordando algumas vezes. Mas tá difícil, as ofensas são constantes. O cara se deu até ao trabalho de entrar no Fair Play para me ofender gratuitamente. Meu Deus... O que será que fiz pra este sujeito? O pior é que o coitado do Lédio nada pode fazer...não sei se existe um bloqueador de IPs, mas seria uma idéia. Pensando bem, talvez nem adiante muito. O problema do safado é mesmo patológico, ele acessará o JA por outro micro.
    Uma pena mesmo...e uma grande sacanagem com o Lédio, que inevitavelmente vai perdendo pessoas que viriam a acrescentar algo ao seu espaço.

    Um abraço,
    Rod

     
  • At 7:49 PM, Blogger Rod Molina said…

    Só complementando, Emerson, o setor do Ministério da Justiça que está investigando a relação C13-Rede Globo, é a SDE (Secretaria de Direito Econômico), que está exigindo da emissora, a apresentação de cópias de contratos, valores pagos e recebidos até 2007 pelo Brasileirão, incluindo aí a TV aberta, fechada e PPV.

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home