Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

segunda-feira, agosto 11, 2008

Moedas de troca da Record



Depois de olhar com olhos compridos os excelentes índices de audiência da Globo com os Jogos de Pequim, a Record, extemporaneamente, anunciou que não repassará a nenhuma outra emissora de sinal aberto seus direitos de transmissão de Londres 2012. Isso foi dito ainda no sábado.

Nesse mesmo final de semana, a rede ligada à IURD comunicou que comprou, com exclusividade, os direitos de transmissão dos jogos Pan-Americanos de 2011, que serão realizados em Guadalajara. Segundo a emissora, a compra abrange todas as mídias eletrônicas, inclusive a transmissão via internet.

Se confirmada essa notícia, a Record terá aplicado dois golpes fortíssimos na Globo. Disso não tenho a menor dúvida.

Os dois eventos são grandes eventos com números mais que satisfatórios de audiência. Quando o Brasil passa a ter chance de medalha, esses números explodem, simplesmente. Além disso, dão muito prestígio às emissoras.

Temos, então, a Record ‘dona’ do Pan e Olimpíadas de um lado, e a Globo ‘dona’ do Brasileiro, Paulista, Carioca, Mineiro, Gaúcho, Libertadores, Sul Americana, Copa do Brasil e Brasileiro B, além das Copas do Mundo, do outro lado.

Por Londres 2012 a Record pagou, à época do contrato, 60 milhões de dólares.

Segundo fontes da emissora, pagou outros 10 milhões pelo Pan.

(Não acredito nesse segundo número, por ser um valor muito baixo e por conter todas as mídias eletrônicas.)

Apesar do bom faturamento da Rede, alavancado poderosamente pela venda de horários ‘mortos’ para a IURD, são investimentos muito altos para a Record pagar integralmente. Ao mesmo tempo, os custos para uma transmissão de boa qualidade são imensos, apesar de Londres estar muito mais próxima e fácil que Pequim. Por outro lado, se isso facilita e barateia a logística, os custos locais estarão, como já estão, pela “hora da morte”. Não consigo imaginar, por exemplo, a Record enviando 45 pessoas para a Inglaterra só para cobrir com imagens próprias e tudo que as cerca, o vôlei de praia brasileiro. É a primeira vez que uma emissora brasileira faz tal coisa numa Olimpíada.

Para cobrir os dois eventos com exclusividade e um mínimo de qualidade, a rede teria de fazer um grande investimento em pessoal, mas não à última hora. Isso é como um time de futebol: precisa de entrosamento e encaixes, que só são obtidos com muitos treinos e boa direção. Na base disso tudo, tempo e dinheiro. Aí fica a questão: valerá a pena investir pesado em equipe para cobrir dois eventos e depois não ter o que fazer com o pessoal?

Nessa altura do campeonato, este Olhar Crônico Esportivo continua acreditando na mesma aposta lançada em 2007: a Record usará Londres 2012 e agora, também, Guadalajara 2011, como moeda de troca para conseguir entrar no mercado do futebol brasileiro e sul-americano.

Creio que, em 2010, ou mesmo em 2009, poderemos ter a rodada das quintas-feiras entregues ao sinal aberto da Record.

Essa é, a meu ver, a saída mais sensata e conveniente para as duas redes.

Todavia, na guerra surda e dura pela audiência o bom senso costuma ser a primeira vítima fatal.

O Olhar Crônico Esportivo agradece ao amigo Ronaldo Derly Rodrigues pelo ágil municiamento com as informações da Rede Record.


.

Marcadores: ,

1 Comments:

  • At 6:23 PM, Blogger RONALDO DERLY RODRIGUES said…

    Emerson tinha tres perguntas para lhe fazer,mas uma voce já respondeu,que era sobre a criação pela RECORD de uma equipe esportiva que perderia
    a razão de ser após o evento,no caso os jogos olimpicos de LONDRES,mas tenho outras duas e lá vai:
    1) se a RECORD entrar na transmissão do BRÃO,como ficaria a situação da BAND,voce acha que ela continuaria.
    2) como são definidos os jogos a se
    rem transmitidos e por quem,por exemplo,ontem para o DF na GLOBO passou VITÓRIAXVASCO e na BAND BOTAFOGOXPALMEIRAS,o que nem sempre acontece
    pois muitas vezes as duas mostram
    o mesmo jogo,por isso a pergunta.
    Agradeço a citação e foi um prazer
    ajudar,quando ler algo interessante
    lhe mandarei novamente,aquela maté
    ria sobre o clube inglês administra
    do por um brasileiro,via internet
    achei muito boa,pena que era bem
    sucinta,abraço.

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home