Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

terça-feira, abril 15, 2008

A história e o que passa para a história


“Se eu tivesse TV, anularia o gol” – disse a assistente Maria Eliza Barbosa depois de assistir ao lance do primeiro gol do São Paulo contra o Palmeiras várias vezes. Pelas imagens da telinha fica claro que a bola toca no braço de Adriano e fica aparente que houve intenção nesse toque.

Há, porém, uma outra imagem de TV, captada por uma câmera postada atrás do gol, à esquerda da posição em que se encontravam Adriano e seu marcador mais próximo, Leo Lima. Essa câmera mostra o jogador palmeirense agarrando o são-paulino pela camisa, que é bem esticada, justamente no momento em que ele salta para cabecear a bola cruzada. Pênalti, portanto, ou, em outra interpretação, um lance que retardou a ação de Adriano e pode tê-lo levado a não concluir a jogada com a cabeça.

Estivéssemos num daqueles emocionantes filmes ou seriados americanos que têm um tribunal como palco, poderia dizer que esse lance gera, ou deveria gerar, uma dúvida razoável para ser analisada pelos senhores jurados. Como não estamos e essa é a vida real, já está decidido que vai passar para a história unicamente a versão “mão na bola”.

Se o gol tivesse sido anulado a decisão teria sido correta. Mas não foi. Como, até por princípio, acredito na boa-fé das pessoas, tratou-se de mais um erro de arbitragem, dos quais a história está cheia. Todavia, com o fragor das críticas engrossadas e estimuladas pelas imagens de TV repetidas infinitamente, fiquei igualmente estimulado a ser “do contra”, baseado também numa imagem de TV.

Segue o link com a imagem do lance de pênalti (ou não, cada um julgue), mas já aviso: assistam sem som, de preferência. Há uma locução que não ajuda em nada.

De qualquer forma, parabéns à AJ TV pela percepção e exibição da cena.

http://www.youtube.com/watch?v=TDogAoVu2mU



Como eu disse no início, a assistente não tinha a telinha ao seu alcance na fração de segundo que teve para ver, interpretar e decidir o que fazer. Tampouco teve o árbitro. Esse é o jogo de futebol, e, no que me diz respeito, assim deverá continuar sendo.

Ele é praticado por humanos muito parecidos com você, estimado leitor, e comigo mesmo, exceto por “ligeira” protuberância abdominal, eliminável com algum esforço e muita dor, se assim nos determinarmos. Deve ser arbitrado por humanos igualmente comuns, de preferência sem “pneuzinhos”, também chamados de protuberâncias laterais por mentes pouco evoluídas.

Erros acontecem e sempre acontecerão, é normal e eles estão no DNA do futebol.

Um time vence e se consagra ao superar as imperfeições, além dos adversários.

E como a vida é o que é, e o futebol é a vida em sua quase máxima expressão, uma equipe pode ser vencedora graças a uma imperfeição.

Se alguém disser que a vida não é assim, sei lá, acho que esse alguém não tem noção do que seja a vida.


.

Marcadores: , ,

4 Comments:

  • At 10:58 AM, Blogger Rubão said…

    há outro porém. se for a mesma imagem que a TV Gazeta mostrou, percebe-se que a bandeirinha está pessimamente colocada e ela vê apenas as costas do zagueiro palmeirense, que cobre totalmente o Adriano.

    o lance já foi, entrou para a história e agora é jogar no domingo.

     
  • At 11:09 AM, Anonymous Lucas said…

    Acho que isso só enriquece a história do futebol, todos lembram do gol de Maradona feito com a "mão de Deus", e Adriano ficará na história também, pelo fato de ter feito o gol com a mão. Lamento que o gol tenha afetado diretamente o placar, gostaria que fosse em outra situação, tipo que o palmeiras tivesse ganho por 4x2, algum placar desse...

     
  • At 11:10 AM, Blogger Juan Carlos said…

    El arbitraje está en un nivel pésimo. No sé si pudiste ver el gol que encajó Barcelona contra Recreativo de Huelva el pasado sábado.
    El asistente señaló gol cuando la pelota no entró. Entiendo que el árbitro no vea algo que ocurre, pero ¿cómo es posible ver una cosa que no aconteció? Lamentable.
    Saludos, amigo.

     
  • At 1:05 AM, Anonymous Anônimo said…

    Salve Emerson, tudo bem?

    A imagem é do repórter cinematográfico Sinclair Jr., do Sportv.

    Abs,
    Marcos Silveira

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home