Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

domingo, setembro 24, 2006

Correndo atrás de bola

Já vai correr atrás de bola? Estudar que é bom, nada, né?

Quantas e quantas vezes todo brasileiro não ouviu essa frase na infância e adolescência? Incontáveis vezes, com certeza.

Mas correr atrás de bola não é prazer apenas de garotos, adolescentes e marmanjos de todas as idades.

Isso mesmo. A cachorrada adora correr atrás de uma bola.

Aqui em casa é uma bolinha de tênis, que um dia foi amarela.

Elas (4 fêmeas e um macho) ficam loucas pela brincadeira, esperam por ela e, se demora, pedem. Resmungam, fazem ar pidão, o terrível ar pidão que os cachorros são mestres em fazer. Resistir não há como.

E, no gramado, atiram-se atrás da bolinha com voracidade, como nenhum atleta por mais bem pago que seja consegue fazer.

Chocam-se, batem-se, rolam no chão, disputam duramente a posse do objeto tão cobiçado...

Tudo jogo limpo, todos os contatos são válidos, ninguém xinga, ninguém morde. Na disputa pela bola os cachorros são de uma civilidade que dá gosto de ver. E inveja.

A posse dela é transitória, como as taças valiosas. Dura o tempo necessário para correrem até o lançador, depositarem a bola aos seus pés e se colocarem de prontidão, à espera do novo arremesso.

São felizes assim.

Correndo atrás de bola.

.

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home