Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

segunda-feira, outubro 23, 2006

812 / 300 = 2,7


Aula de matemática?

Não, apenas um cálculo simples para aferir a qualidade do Campeonato Brasileiro.

Finda a 30ª rodada, temos já 300 jogos e 812 gols marcados, o que resulta nessa boa média de 2.7 gols por jogo. Nada mau.

Isso significa que o campeonato é bom? É ótimo? Ou só mais ou menos? Ou, para os muito exigentes, nem isso?

De minha parte fico com a primeira opção: é um bom campeonato. Tirando os óbvios jogos ruins, que existem em toda parte e, principalmente, nas ligas européias e na Copa do Mundo (só para provocar...), a maioria do que temos assistido são partidas movimentadas, com alternâncias e variações, boas jogadas, novos valores aparecendo ou, se não tão novos, se firmando em outros clubes, mais amadurecidos.

Com a parada de Souza, do Goiás, em 15 gols, sua média caiu para 0,5 gol por jogo, abaixo da média histórica dos artilheiros. Sinceramente, continuo não dando maior importância contra isso. O São Paulo tem o ataque mais positivo do campeonato e seu maior artilheiro tem apenas 8 gols e é reserva.

O Figueirense tem 42 gols no campeonato. Soares, Cícero e Schwenck marcaram 34 desses gols. Ou seja, a artilharia está dividida. Eu acho melhor assim, em muitos aspectos.

O nível da arbitragem está bom nas últimas rodadas, assim como o comportamento dos treinadores à beira do campo, tópico menor que tanto chama a atenção e irrita parte da imprensa esportiva. A massa torcedora pouco liga para isso e, no estádio, sequer enxerga o treinador. Seja como for, os “professores” têm se comportado melhor. Claro que quando falo em "bom" para o nível da arbitragem, estou desconsiderando as imagens captadas por 16, 20, até 24 câmeras num estádio.


Vai bem o BR 2006, a oito rodadas do final.

.

Marcadores:

2 Comments:

  • At 6:48 PM, Blogger JOSE AMBROSIO said…

    Num ano atipico, pois o campeonato e paralisado por 40 dias,realmente esta bom o Brão 06, e pode melhorar nesta reta final onde historicamente sobem de produção equipes na beira da degola ou lutando por vaga na LA, pena que os ´proprios dirigentes , tecnicos e jogadores tenham esvaziado tanto a sul americana, ai sim teriamos um final de cmpeonato eletrizante...mas ....

     
  • At 11:12 AM, Blogger Emerson said…

    É verdade, mas ficou o Atlético na SA e apesar da choradeira sem propósito e sem razão do Vadão, vai ser bem interessante acompanhar e ver até onde vai o CAP. Se for mais longe... hehehehehe... Vão chorar e espernear, porque a Conmebol vai vetar a Arena pra final.

    Mas, indo adiante, vai despertar a atenção e cobiça dos outros brasileiros.

    A ver.

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home