Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

quinta-feira, agosto 31, 2006

Paixão à distância



Seara tem cerca de 23.000 habitantes, a maior parte dos quais morando na zona urbana. Tem uma grande indústria, com o mesmo nome, que emprega em seus diferentes turnos mais de 3.500 pessoas.

É uma região de colonização gaúcho-italiana. Muitos dos primeiros moradores vieram da Serra Gaúcha.

O futebol faz parte do lazer do searense (e o word diz que a palavra está errada, ele só reconhece cearense, não conhece Seara). Muitos de seus moradores, porém, quase todos na verdade, têm em seus corações times de lugares distantes. O mais próximo é Porto Alegre. Por aqui, a maioria, tanto pela origem como pela proximidade geográfica, torce para o Internacional ou para o Grêmio. São colorados ou gremistas. Mas nem só esses dois times dividem a torcida. Para mim, foi uma grande surpresa descobrir em Seara torcidas organizadas de times de São Paulo e Rio de Janeiro.

Logo na entrada da cidade, para quem vem de Chapecó, uma grande placa na beira da estrada comunica a todos que ali existe a Inter-Seara, uma torcida organizada colorada com quase 50 membros. Nos últimos tempos, com a Libertadores e a ascensão do Inter, o pessoal acabou indo para Porto Alegre em ônibus fretados, para assistir a jogos no Beira-Rio.

Os gremistas estão presentes e divididos em duas torcidas organizadas. Numa casa próxima à avenida, ergue-se um mastro de altura respeitável e, no topo, não menos respeitável bandeira do Grêmio diz presente.

Outra torcida é a Flaseara. Isso mesmo, torcedores do Flamengo do Rio de Janeiro, em pouco mais de 20, reunidos em Seara para torcer pelo time do coração. Na traseira do carro do Odair, meu cicerone pela indústria e pela região, o escudo do time e o nome da torcida. E, por e-mail, o Odair completa: a Flaseara tem oito anos de vida já, e site proprio, basta clicar no nome aí atrás.

Antes que eu fique frustrado, ele fala das torcidas organizadas do São Paulo e do Palmeiras, as duas, também, com cerca de 20 membros.

Impressionante, realmente.

A rapaziada se reúne periodicamente, não só para ver os jogos pela tevê. Mas também para bailes e festas. Agora vai começar um torneio de futebol entre as torcidas, promovido e organizado pelos torcedores do São Paulo. E membros de todas as torcidas vão desfilar no dia 7 de setembro, comemorando a Independência.

É, não há distância que impeça a paixão!


P.s.: correndo entre uma gravação e outra, fui deixando para fazer depois as fotos da placa na estrada e o escudo no carro do Odair; premido pelo tempo, esse artigo escasso e luxuoso, nao fiz nenhuma, claro; sorry.


P.s. 2: Meu amigo Odair, da Flaseara, fez algumas correções que já incorporei; e passou o endereço da torcida, já linkado mais acima; visitem, vale a pena, é um belo site; e prometeu mandar as fotos que eu não fiz. :o)

Marcadores:

3 Comments:

  • At 2:37 PM, Blogger Iara said…

    Oi emersom.
    Ate que fim citou meu time.
    Ai eu vim aqui.

     
  • At 3:36 PM, Anonymous Ledio Carmona said…

    Fala, Emerson.
    Conheço Chapecó.
    Seara, não.

    Vc passou por Maravilha?

     
  • At 4:30 PM, Blogger Emerson said…

    Maravilha, não, Lédio.

    Mas é uma região bonita.
    Estou tentando postar mais coisas no Um Olhar Crônico, mas o sistema blogger.beta tá meio rebelde.

    :o)

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home