Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

terça-feira, janeiro 16, 2007

Feliz retorno



– Politicamente correto, eu? Ah, nem tanto, nem tanto, não gosto muito disso.

Essa costuma ser minha reação às eventuais acusações de “politicamente correto” de que sou vítima. Não gosto desse rótulo porque não gosto da maioria das pessoas que assim se rotulam orgulhosamente e, creio eu, sem grandes razões para tanto. Em sua maioria, abrigam contradições flagrantes, mas não assumidas ou não identificadas. Conhecedor de algumas das minhas contradições, prefiro ficar quieto e não vestir rótulos que são tão pomposos quanto falsos.

Entretanto, vez por outra visto o modelito pc e faço profissão de fé no ser humano. Sou a favor de segundas e, por que não? – terceiras chances. E é sobre chance que se trata o que segue.

Edinho, filho de Pelé, em liberdade condicional, assumiu a direção do time de garotos que Sua Majestade mantém em Santos, o Litoral F.C.

E o Rei quer que seu filho não se omita e conte à gurizada sua história e seu drama. Que passe a esses garotos uma lição de vida, que fale dos dez meses na prisão, os processos que correm na justiça, os medos, a agonia da prisão, o dia-a-dia insuportável, longe de tudo e de todos que são queridos e amigos, a noite tenebrosa, povoada por sonhos e temores, sonhos que são pesadelos e o maior de todos os pesadelos: o despertar a cada novo dia no mesmo lugar, fechado, sem a doce sensação da liberdade para, simplesmente, viver.

Sempre gostei do Edinho, sempre fui solidário ao seu drama de ser filho de quem é, com tudo de bom e de terrível que esse simples fato biológico pode acarretar. Gostei de vê-lo como goleiro, a antítese do que foi seu pai, e sair-se relativamente bem, apesar da gritaria contrária da torcida. Lamentei muito sua queda no mundo das drogas. Agora, espero que não precipitadamente, comemoro seu retorno ao nosso mundo.

Bem-vindo à liberdade, Edinho.

Espero que você seja feliz e aponte o bom caminho pra garotada que a partir de agora entra em sua vida.


.

Marcadores:

3 Comments:

  • At 6:06 PM, Blogger IARA said…

    Hoje vou ser a primeira...
    Bonito texto emerson, simples, mas carregado de carinho.

    Gostei.
    Mas, não tenho dó dele não, nme tão pouco essa sua solidariedade.
    Ele teve tudo pra não entrar nesa vida. Pelo menos deveria ter tido.
    entrou porque quis. A escolha foi dele.

     
  • At 6:07 PM, Blogger IARA said…

    Valei -me sao judas tadeu!!!

    Nessa**********************
    corrigi a tempo!

     
  • At 6:24 PM, Blogger Emerson said…

    Há momentos na vida, Iara, em que o importante é simplesmente apoiar.

    Creio que agora é um desses momentos.

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home