Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

segunda-feira, julho 24, 2006

1/3 do Brasileiro já foi

Terminou a 13ª de 38 rodadas e, matematicamente, um terço do campeonato já foi disputado. Restam em jogo 75 pontos.

Nesse momento, a grande surpresa, a nota destoante, é a posição do Corinthians na tabela, simplesmente na última colocação. O time de Tevez, Mascherano, Ricardinho, Nilmar, Carlos Alberto e Roger patinou, derrapou, tombou e capotou. Em 13 jogos acumula 9 derrotas, um número absurdo para um time com a tradição desse, e com o elenco que tem esse time. Nesse momento, a dúvida que era uma piada começa a ficar mais séria: esse time corre o risco de ser rebaixado? Sim.

Na outra ponta, o São Paulo abriu 4 pontos de vantagem sobre os dois vice-líderes, Cruzeiro e Internacional. Mas o grupo ficou maior, com a chegada do Paraná – 4º colocado – ao lado do Fluminense e mais o Figueirense e o Santos. Entre este e o Inter, a diferença é a mesma que o separa do líder: 4 pontos.

Dois times vivem uma situação curiosa: Flamengo e Vasco disputam a 2ª e decisiva partida para a conquista da Copa Brasil. O prêmio ao vencedor é a vaga na Libertadores 2007. O Flamengo venceu o primeiro jogo por 2x0 e abriu uma vantagem sólida, mas não decisiva. Nessa rodada, o Flamengo foi a Recife com o time reserva e perdeu por 3x0. Enquanto isso, o time titular do Vasco venceu no final um jogo difícil contra o Atlético Paranaense. Em Recife, os reservas do Flamengo jogaram sem o treinador Ney Franco no banco, que ficou concentrado com o time titular que vai disputar a final da Copa Brasil. Nessa altura e com esses acontecimentos, começo a acreditar que o Vasco vai tirar a vantagem e a decisão poderá ser decidida nos pênaltis. Ou, por que não, pode dar Vasco. É apenas impressão, ou como se diz na moderna língua portuguesa/brasileira, just feeling.


São Paulo e Internacional provavelmente terão seus próximos jogos afetados pela Libertadores. Ontem, o São Paulo jogou com 10 reservas e somente Rogério Ceni de titular foi mantido. Mesmo assim, venceu bem a Ponte Preta. O próximo jogo do São Paulo é contra o Santos, um clássico. E como clássico é clássico e vice-versa, tudo pode acontecer. Certamente o São Paulo não jogará com o time titular, pois na quarta-feira terá o segundo e decisivo jogo contra o Chivas, agora no Morumbi. O Inter vai a Assunção e terá no domingo um jogo dificílimo, pois será dia de Gre-Nal, um dos mais clássicos entre todos os clássicos brasileiros. Acredito que os dois times farão a final da Libertadores, o que comprometerá, diretamtente, suas participações em outras duas rodadas do Brasileiro.

No meio da tabela, Flamengo e Vasco poderão sofrer com o resultado da Copa do Brasil. Um por perder e ficar abalado. Outro por vencer e perder a concentração. São apenas possibilidades, nada mais que isso, mas a história recente tem mostrado que essas coisas acontecem.

.

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home