Um Olhar Crônico Esportivo

Um espaço para textos e comentários sobre esportes.

<

domingo, maio 21, 2006

Copa no Brasil?


Resposta ao e-mail de um professor de 1º grau, de Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, que viu alguma coisa que eu escrevi sobre esse tema – Copa no Brasil – e pediu-me algumas informações extras. Parte do texto tirei de um e-mail no site SPnet.


Para ter uma Copa


Até que as exigências não são muitas e muito menos exageradas. Isto, é claro, pensando num país onde os políticos sejam, pelo menos, mais ou menos sérios e honestos, onde as pessoas possam caminhar em relativa segurança pelas ruas das grandes cidades durante as noites e dias, onde as pessoas possam deslocar-se de um lugar para o outro, nas cidades, sem ser como sardinhas em lata, bem prensadas, e não gastando nisso mais que 40, 50 minutos. Não é o caso do Brasil, já dá para perceber, né?

Bom, a FIFA tem um caderno de encargos com todas as exigências minuciosamente detalhadas. Não o conheço, aliás, nem pretendo, é coisa para especialistas, mas os requisitos básicos são:

As candidaturas devem respeitar um rodízio de continentes imposto pela Fifa. Para o Mundial de 2014, por exemplo, a entidade só vai aceitar candidatos da América do Sul. Em pouco tempo, então, o Brasil deve receber um caderno de encargos, com as obrigações que deve cumprir se quiser abrigar uma copa. Conheça algumas e veja o que os alemães fizeram para cumpri-las à risca.


Naturalmente, essa não é uma regra fixa, e a Copa pode ir para outro continente, se nenhum país sul-americano se dispuser a organiza-la.


Estádios
Devem ter só poltronas: nada de arquibancadas sem lugares numerados. E nada de enfiar torcedor em qualquer canto: todos os espectadores têm que ter uma boa visão do gramado. As arenas também devem abrigar restaurantes e contar com estacionamento próprio, além de sanitários limpos, arejados, confortáveis, em número suficiente para atender à demanda estimada, com facilidades para acesso, etc.


Tráfego/Transporte
Os estádios não podem ficar escondidos no meio do nada - a Fifa exige que haja transporte público por perto. De preferência, metrô, hoje o transporte de massa por excelência nas grandes cidades. E não dá para imaginar jogo de Copa em cidade pequena, certo? Metrô ou ferrovia ou ônibus, o transporte deve ser abundante, de boa qualidade, confortável, seguro e rápido, já que não dá para imaginar 40.000 turistas gastando 3 horas de ônibus em meio a um congestionamento para assistir a um jogo. O transporte individual também deve ser bem atendido, mas a FIFA considera que no máximo 15% dos espectadores se dirijam aos estádios de carro. Para isso, há necessidade de um bom sistema viário para os estádios.


Segurança
Controlar quem entra nos estádios é prioridade para a Fifa. Manter a segurança dos turistas antes e depois dos jogos também. Nem é preciso enfatizar a importância absoluta desse item.


Turismo
O anfitrião tem de fornecer estada e centro de treinamento para os times. E deve ter hotéis e rotas aéreas suficientes para receber cerca de 1 milhão de visitantes aguardados em uma copa.

Enfim, a única grande exigência da FIFA é que o país seja civilizado. E, para quem não conhece, a África do Sul é, e muito mais que o Brasil, apesar de todos seus problemas. Incrível, né?

Espero ter ajudado, Thomas. Qualquer coisa, escreva.

.

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home